0 0
Bacalhau Cascais

Bacalhau Cascais

Cozinha:

Nessa receita a Chef Camila Tavaris ensina a fazer um delicioso Bacalhau Cascais - uma receita simples, prática e econômica!

Ingredientes

Modo de fazer

Espalhe

A verdade é que não existe apenas uma, mas diversas espécies de bacalhau. O bacalhau que nós conhecemos (e, graças a nossos irmãos lusitanos, apreciamos muitíssimo) é do tipo Gadus morhua, também conhecido como cod ou bacalhau do Porto.

Apesar de ser chamado de bacalhau do Porto, esse tipo de peixe praticamente não existe na costa portuguesa – e muito menos no Porto.

Então, qual a origem da expressão bacalhau do Porto? O peixe é, na verdade, pescado nas águas frias da Noruega e, depois de salgado, transportado para Portugal. O Porto é um importante centro de comércio de bacalhau. O Porto é a segunda maior cidade de Portugal, com cerca de 350 mil habitantes.

O hábito de comer bacalhau veio para o Brasil com os primeiros portugueses, mas só começou a se difundir com a chegada da família real portuguesa ao Brasil em 1.808 e desde então se tornou famoso nas mesas brasileiras, festas de fim de ano e Páscoa é servido de diversas formas, Bacalhau Cascais, Salada de Bacalhau, Bacalhoada, Bolinho de Bacalhau, entre outras… O Brasil consome 30% do bacalhau pescado na Noruega. Em quilos, isso dá 18 mil toneladas por ano.

Por preservar as propriedades do peixe fresco durante meses, o bacalhau era estocado e usado como refeição nos navios portugueses que cruzaram os mares na época das grandes navegações.

O bacalhau é um peixe de crescimento rápido e vida longa. Ele pode viver mais de 20 anos e pesar 50 quilos. A Noruega está tentando preservar e manter os estoques de bacalhau. Mesmo assim, entidades ambientais prevêem que, em virtude do largo consumo, esse tipo de peixe pode desaparecer em poucos anos. Isso significa… adeus, bacalhau com batatas!

Hoje preparamos uma tradicional receita de Bacalhau Cascais, bem comum ser servido nas festas de Fim de Ano.

Comentários

Passo 1
Completei esta etapa

Pré-Preparo

+Preparar a batata na panela de pressão, com casca, por 10 minutos
+Dessalgar o bacalhau e desfiar, prestando atenção nas espinhas
+Cortar a cebola em ao meio e depois fatiar.
+Claquear o alho para ajudar a descascar, e cortar em fatias
+Amassar as batatas e misturar com maionese e dividir em duas porções
+Formar uma cama para receber o bacalhau e outra parte será usada para fechar

Passo 2
Completei esta etapa

Modo de Preparo

+Em uma panela colocar azeite e refogar a cebola e o alho, quando começar a dourar, agregar o bacalhau
+Deixar refogar de 5 a 10 minutos e dispor por cima da travessa onde fez a "cama", fechar com a porção de batata reservada
+Colocar queijo parmesão ralado para gratinar e levar ao forno de 5 a 10 minutos.

Servir quente!

Lombinho Recheado
anterior
Lombinho Recheado com Pera e Gorgonzola
Árvore Natalina de Petisco
próximo
Árvore Natalina de Petisco
  • 70 min
  • porcões 6
  • Easy
  • 180

Compartilhe em suas redes sociais:

Ou copie e compartilhe este endereço

Ingredientes

Ajustar para Servir:
Bacalhau: 400 g
Batata: 500 g
Maionese: 200 g
Cebola: 2
Dente de Alho: 4
Azeitona Preta: 50 g
Queijo Parmesão: 200 g
Lombinho Recheado
anterior
Lombinho Recheado com Pera e Gorgonzola
Árvore Natalina de Petisco
próximo
Árvore Natalina de Petisco
%d blogueiros gostam disto: